A bateria do automóvel comum dura, em média, de 2 a 3 anos. Este tempo pode ser maior dependendo do uso e dos cuidados que o motorista tem com o carro. Mas hoje, vamos falar sobre o momento certo de trocar a bateria.

Como eu identifico que está na hora de trocar a bateria do meu carro? Os sinais existem, mas podem passar despercebidos por boa parte dos motoristas. No fim das contas, você só percebe que precisa trocar a bateria quando ela morre de vez.

Para que você não passe por essa situação desagradável, vamos te dar algumas dicas que podem te ajudar a identificar a hora de trocar a bateria do seu carro.

Como saber a hora certa de trocar a bateria do carro? 

1 – Na hora da partida

Quando a bateria do carro está nova, você consegue dar a partida no carro mais rapidamente, sem nenhum problema. Um dos sinais de que está chegando a hora certa de trocar a bateria do carro é quando a partida começa a ficar mais difícil, especialmente pela manhã.

Se o carro demorar a pegar ou ficar fazendo o famoso “vonco-vonco” durante muito tempo, pode ser um sinal de que a vida útil da bateria está se esvaindo. Isso é agravado em climas frios, e você conseguirá notar essa diferença.

2 – Luzes do painel 

Quando as luzes do painel estão acesas com o carro desligado (girando a chave somente 1 vez), elas devem ser tão luminosas quanto com o carro ligado. Se você perceber que o painel está com as luzes mais fracas ou apagadas, isso pode indicar problemas na bateria.

Conforme a bateria sofre desgaste, ela já não é capaz de segurar funções simples como essa sem que o movimento do carro a esteja abastecendo constantemente. Caso você note esta peculiaridade, pode ser a hora certa de trocar a bateria do carro.

3 – Falhas em sistemas elétricos 

Todos os sistemas elétricos do carro, como alarme, vidros elétricos, faróis, aquecedores, ar condicionado e até a injeção eletrônica, podem te dar dicas de que está na hora de trocar a bateria do carro.

Como esses sistemas dependem diretamente da bateria, seu desempenho é afetado pelas condições desta. Se você perceber falhas, lentidão, fraqueza nas luzes, ou coisas do tipo, vale a pena verificar o estado da bateria.

4 – Sem ignição 

Se o carro não pega de jeito nenhum, certamente é a hora de trocar a bateria. O melhor a fazer é acionar um seguro, um mecânico ou outro profissional para ir até o local realizar a troca.

Se você não tiver essa possibilidade, tente encontrar alguém que possa fazer uma transferência de energia a partir de outro carro (chupeta). Somente em último caso você poderá tentar fazer o carro pegar com o tranco, mas essa prática é totalmente desaconselhável, pois pode danificar diversos componentes.

Substitua a bateria antes que esses sinais se acumulem ou fiquem mais intensos. Aproveite para fazer seu orçamento conosco e já ter uma carta na manga para quando for a hora certa de trocar a bateria do carro!